Os melhores passeios de Carolina - MA


Trabalhamos para garantir uma experiência inesquecível para todos nossos hóspedes.


Cachoeira do Santuário


A grande atração do Complexo, é a cachoeira do Santuário, que leva esse nome devido a sua beleza ímpar. A cachoeira fica escondida entre um imponente cânion, como se fosse um segredo a ser descoberto. No Santuário a água despenca de uma altura de 46 metros, dentro de um grande cânion.

Para chegar até a cachoeira é preciso fazer uma caminhada de cerca de 600 metros por uma trilha ecológica, percurso os mais corajosos podem caminhar sobre uma ponte pênsil que cruza um enorme cânion, os menos corajosos podem se divertir na segunda parada que contém diversas quedas d’água, que deslizam sobre os paredões das rochas que formam o cânion. Na última parte do caminho, os visitantes precisam caminhar em meio aos paredões do cânion com água até a cintura, durante alguns momentos o enorme som do fluxo da água é a sua única referência de caminho.

A Cachoeira do Santuário fica escondido em meio aos paredões rochosos, sua enorme queda despenca de 50 metros de altura sob o arenito friável, dando origem a processo erosivo datado de cerca de 60 milhões de anos e então nasce uma piscina com 1,5 metro de profundidade. O enorme fluxo de respingo geram uma nuvem de água pelo ar o tempo todo, sendo praticamente impossível tirar uma foto perfeita.

O que levar para o passeio?
Água para hidratar;
Calçados confortáveis que possam molhar;
Evite levar mochilas, bolsas ou pertences que não possam molhar.

Ponte Pênsil


A ponte pênsil que tem o nome de “Ponte do Pedro” é uma atração já inclusa no passeio ao Santuário, ao retornar da cachoeira, os guias levam até a ponte, é preciso coragem para atravessar, mostre a sua.

Pedra Caída é um destino que concilia todas os benefícios para os turistas que gostam de desfrutar das belezas naturais sem perder o conforto. A Serra das Mesas possui paisagem deslumbrante, cachoeiras exuberantes, rios de água cristalina, cânions, horizonte azul, paz e sossego. Tudo isso de forma acessível, em vias asfaltadas, bem sinalizadas, com oferta de serviços num complexo turístico que surpreende positivamente

Cachoeira da Porteira


Cachoeira da Porteira, água cristalina e pura, a Cachoeira da Porteira tem o mesmo nome dado ao rio, Rio Porteira, conta-se que antes, havia uma porteira sobre o rio que dividia as terras dos antigos proprietários.

Cachoeira do Garrote


O passeio Garrote e Porteira, te leva para duas cachoeiras em um só passeio, o trajeto é feito a carro, veículos traçado (off road), uma atração à parte, disponível no próprio complexo, o trajeto de 13km, é todo em estrada de terra, a primeira parada é na Cachoeira do Garrote.

O nome GARROTE (novilho macho), vem dos antigos moradores da região, conta-se que um garrote quebrou uma das pernas quando tomava água, e lá morreu, então os antigos moradores diziam, quando queriam se referir ao local: “Lá na cachoeira que o garrote morreu”, com o passar dos anos o nome ficou.

Cânion do Santuário


Para chegar a mais bela cachoeira do Parque Nacional da Chapada das Mesas, é preciso fazer uma caminhada sobre caminho santuário e passarelas ecológicas, construídas para causar o menor impacto possível na natureza, durante o caminho os guias fazem paradas estratégicas, para que o visitante possa se refrescar com as águas minerais que jorram dos paredões dos cânions, e apreciar a beleza que a natureza se encarregou de desenhar ao longo de mais de 60 milhões de anos, uma experiência incrível e única, que termina com a chegada ao SANTUÁRIO.

Teleférico


Com uma extensão de 2400 metros (ida e volta) o Teleférico da aventura, é uma boa pedida para quem gosta de diversão diferenciada, sua altura máxima é de 400 mts, no caminho é possível avistar formações rochosas impressionantes do Parque Nacional da Chapada das Mesas, e apreciar o cerrado brasileiro, a vista é impressionante.